23 de abr de 2016

Uma carta para o Sr.Porque?





 Querido porquês, por que vocês continuam me arrodeando feito os planetas ao redor do grande e poderoso sol? Simplesmente por que esses porquês surgem como flash nos meus pensamentos, por que sempre me pergunto o porquê das coisas? E o por que não foi assim ou o porquê que isso aconteceu ou por qual razão e circunstância minha vida não rodou exatamente como eu acho que deveria por que pelo manual da vida boa fantástica e linda ela não foi executada corretamente, Sr. por que me responda por que eu não estava lá quando precisava? Me diga o porquê que isso não aconteceu comigo também, ou o porquê eu deveria ter feito ou deveria tentar algo diferente? Não fuja senhor só me responda o porquê que tantas interrogações me arrodeando e por que me pergunto o maldito por que eu não mereço? Por que não comigo? Por que não eu? Ou por que eles? qual é o porquê exato para ser usado em cada ocasião? Não penso nisso na hora em que começo a matar sentimentos pensando nos porquês disso está havendo ou quando vejo algo e me pergunto o porquê de não está ali, de não ser aquela que queria ser, e o porquê de todos estarem tão feliz quando na verdade não é assim, por que ele está sorrindo se acabou de ver algo que o matou por dentro? Por que ela está com aquelas que a apunhalaram pela costa? Por que continuam perto de pessoas que não se importam com eles? por que as cores já nascem feitas? Ou por que o sangue tinha que ser vermelho? Por que o azul não se chama laranja? Por que o céu é tão alto? Por que umas pessoas são magras e outras gordas comendo a mesma coisa? Por que umas são tão boas e sofrem tanto enquanto outras são ruins e tem uma sorte enorme? Por que? Por que tudo é tão estranho? Por que não tenho a resposta de todos esses porquês? Apenas porque?

Nenhum comentário:

>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Cabelo Bagunçado - Todos os direitos reservados.
Criado por: Rayane Maximiano.
Template feito por Ray Desing Tecnologia do Blogger.
imagem-logo